You are currently viewing Supermercados: A importância de um layout bem definido
  • Reading time:13 mins read

Supermercados: A importância de um layout bem definido

Sempre que entramos em um Supermercado nos deparamos com diversos corredores.

Todos eles estão repletos de produtos que são essenciais para a nossa vida.

Mas você já parou para pensar em como esses corredores são organizados?

E sabe qual a importância de se organizar esse espaço?

Pois então, existe todo um processo para colocar o mercado em ordem, e isso chama layout.

O layout de uma loja faz com que ela atraia mais clientes e possa vender mais.

Quando se acerta no planejamento e nas decisões, os resultados são ainda mais satisfatórios.

Nesse artigo você verá qual é a importância de um layout bem definido e onde ele pode influenciar.

supermercado

A definição de um padrão

A organização de um supermercado passa por vários pontos.

Da porta de entrada e vitrine até o fundo dos estoques e quartinhos de limpeza.

Do começo de uma prateleira até o seu fim.

Tudo passa por uma ordem lógica de organização.

E dentro de um negócio como esse existem setores executivos e administrativos.

Que conseguem trazer um equilíbrio para os diversos setores em que abrangem.

E são justamente nesses setores que são tomadas as decisões que influenciarão no dia a dia.

É de lá que se define o preço de um saco de arroz, ou a contratação de um novo funcionário.

Ambas decisões são logicamente tomadas por setores distintos.

Mas as duas são muito dependentes da maneira como é organizada a sua loja.

E é da junção dos setores e do relacionamento com gerentes que um caminho se abre.

É disso que surge o esqueleto que rege todo o negócio.

O layout da loja, ou melhor, o desenho de como as coisas vão ficar.

Como serão distribuídas as gôndolas e prateleiras pelo espaço.

Com o ordenamento que vai de acordo com a sua área.

Distinguindo os que não se encaixam e também os que se completam.

E é aí que entra um exemplo prático de como tudo é definido.

Porque, por exemplo, você não vai misturar produtos de higiene com alimentos, não é mesmo?

Então, até para evitar que questões mais simples como essas aconteçam, é desenhado um padrão.

Onde as coisas que se assemelham são agrupadas e as que não são compatíveis são distanciadas.

É a partir dessa definição que se elabora o conceito de linha de visão.

Linha de visão

Sabia que ao chegar em um supermercado organizado você é manipulado?

Não se preocupe, não estamos falando de manipulação como um golpe ou algo do tipo.

Para os supermercados esse tipo de estratégia visa obter lucro.

E por isso você é levado a algumas decisões de uma maneira mais programada, ou manipulada no bom sentido da palavra.

Essa ideia começa de um ordenamento das coisas da frente da loja para o fundo e de cima para baixo.

Claro, essas decisões são sempre encaixadas no perfil de consumo do cliente e do seu famoso ticket médio.

O ticket médio nada mais é do que a quantidade média que um cliente gasta no supermercado.

Mas você deve estar se perguntando como eles tomam essa decisão programada.

Pois bem, ao gerenciar um supermercado você preserva muito o seu preenchimento de estoque.

Chegadas e saídas, negociações com distribuidores.

Tudo isso influencia no seu layout final.

E é a partir daqui que você começa a avaliar o ticket médio e as necessidades do seu cliente. O comportamento do cliente vai deixando claro um melhor trajeto.

Um gerente ou gestor, ao ter em mente esse ticket médio, identifica de cara a maneira como deve agir.

A partir daí é tratada a linha de visão.

Que diz respeito à ordem dos preços dos produtos da frente da loja, até o fundo.

Onde quase sempre é levado em consideração o fato dos produtos que estão mais à frente terem uma taxa de lucro um pouco maior.

E os produtos que ficam mais ao fundo são menos lucrativos.

Porque o cliente pode procurar logo de cara um produto que seja de uma marca mais famosa, que seja de seu costume.

E ao se deparar com o preço ele pode andar um pouco mais e optar por uma marca menos conhecida.

Não é sempre que esse ordenamento segue uma regra.

Existem supermercados e redes de supermercados que pensam diferente.

Mas repare sempre ao entrar em um supermercado se os produtos sofrem variações de preço.

E se as marcas mais conhecidas estão expostas por ali.

Outro ponto que faz total diferença é o ordenamento dentro de uma seção.

Vamos supor que você está de frente com a prateleira de biscoitos.

Você deve encontrar algo semelhante a isso:

  • O biscoito que normalmente é o mais vendido fica à altura dos seus olhos, pois a margem de lucro sobre ele é maior.
  • Logo acima dos mais vendidos é onde normalmente se encontram algumas linhas diferentes, mais sofisticadas e não tão lucrativas.
  • Na altura da cintura você encontrará biscoitos que normalmente tem uma boa procura, mas que não dão tanto lucro quanto o da linha de visão.
  • E quando se olha para baixo se encontra os mais baratos. Onde o produto apresenta uma qualidade inferior ou não apresenta tanto retorno financeiro.

Esse tipo de padrão pode variar, dependendo do consumo, da região onde se localiza e algumas outras circunstâncias.

Mas pelo menos em uma parte do supermercado, ou mesmo em uma única prateleira, você verá isso que falamos.

Esse tipo de organização tem por ideia adequar a visão do cliente ao produto que deseja.

Sendo mais fácil de procurar e encontrar.

Supermercado

Programação da loja

Organizar a loja para o cliente levar mais produtos é a ideia base.

A forma como o layout acompanha essa intenção vai com base no ticket médio do cliente e o tamanho da loja, por exemplo.

Não adianta querer seguir todas as várias maneiras de organização existentes se você não tem espaço e nem condições para isso.

Por isso, ao programar o layout, leve em consideração o seu espaço físico.

Para que assim os ajustes possam ser feitos dentro do tempo e da necessidade.

O planejamento do layout já citado, tem nas gôndolas um grande exemplo.

Onde se mostram essenciais para o cumprimento de tarefas.

E o cumprimento leva o supermercado a aumentar a saída de seus produtos em estoque.

Sendo decorrente do grande apelo do público e da organização.

Mas para que isso aconteça o planejamento deve partir de pontos específicos.

Pontos esses que deixam o seu desenho da loja muito bem explicado.

Isso fica marcado na mente do consumidor e cria laços ainda maiores.

Os três pontos cruciais são:

1. Definição da localização ideal de cada categoria: é interessante neste planejamento identificar onde ficarão os pontos como a área de farmácia, açougue e mercearia.

2. Definição da melhor disposição de marcas concorrentes: na hora de montar uma prateleira esse tipo de ação influencia na compra do cliente, que terá duas ou mais marcas concorrentes como opções.

3. Orientações e alertas para os funcionários que são responsáveis pela reposição de prateleiras: para se manter o nível é importante deixar todos os repositores bem informados e instruídos, para que brechas não ocorram em seu layout.

Com os três pontos já estabelecidos e funcionando, o resto tende a fluir com mais naturalidade.

Para isso, pense sempre na programação de sua loja como um todo.

Da abertura até o seu fechamento.

Em como movimentar as áreas tidas como ponto quente.

Onde ocorre a maior movimentação de seus clientes.

E o ponto frio, local onde o movimento é menor.

Esses locais são estratégicos e fundamentais para o aumento de sua receita.

Por isso, pense na rotação de seus funcionários, a fim de causar impactos positivos.

Influenciando diretamente nessas áreas citadas.

Mas tenha cuidado para não criar sobrecargas em alguns setores como o dos repositores e da parte de quem organiza o estoque.

Para manter um ambiente de trabalho mais saudável e produtivo.

Tenha sempre em mente a ideia de proporcionar a melhor experiência possível ao seu cliente.

Supermercados

Outros detalhes que podem te ajudar

Quando tudo que nós falamos aqui é levado em consideração, o layout se mostra como algo super importante para o funcionamento da loja.

Mas existem alguns outros detalhes, que quando definidos, podem te ajudar bastante.

E são eles:

Permanecer com uma rede de lojas em constante diálogo

Sem o diálogo entre setores em um supermercado nada funciona.

As correções não são feitas e o cliente fica mais insatisfeito.

Agora pense nisso em diversos lugares.

Numa rede de lojas esse diálogo é ainda mais necessário, pois o layout e até mesmo a reputação do comércio estão sempre em jogo.

Por isso, ao definir um cronograma, mantenha gerentes de loja em diálogo.

Sempre fazendo ajustes em prol do melhor atendimento de seu consumidor.

E visando uma maior lucratividade de seu negócio.

Falamos sobre isso em nosso primeiro e-book da série sobre supermercados, confira clicando aqui.

• Ordenamento de loja em datas comemorativas

Outro ponto interessante a se pensar na hora de definir o seu desenho de loja é na distribuição de setores.

Ela influencia diretamente em momentos ímpares para a vida de um supermercado.

E esses momentos são as datas comemorativas e nelas o layout tem que funcionar.

São datas que fazem a diferença na sua rentabilidade e mostram se existe sucesso em suas escolhas.

Podendo arrecadar ainda mais do que o esperado, com campanhas bem planejadas.

Por isso, ao definir os setores, pense na melhor localização para as gôndolas e setores de seu supermercado.

Abordamos isso em um outro material que dá sequência a série de supermercados, veja.

• Aderir a recursos tecnológicos que facilitem o dia a dia

E por último, trazemos mais uma dica que pode te ajudar a inovar na questão de definição de um layout.

Em seu supermercado você pode otimizar alguns processos por meio de ferramentas digitais.

Chegamos a abordar essa questão neste artigo, onde falamos sobre o uso de checklists digitais.

Uma ferramenta que consegue auxiliar nas diversas decisões que são tomadas pensando em preservar o layout.

Deixando um ambiente mais dinâmico, conectado e controlado.

Agora deu para entender que a organização por meio do layout da loja só tem a acrescentar na aceitação do público e no aumento do lucro?

Gostou deste texto? Compartilhe! 😊

Quer uma ótima opção de aplicativo de checklists digitais?

Entre em contato com os consultores do Checkbits!

Muito obrigado pela leitura!

Deixe um comentário