You are currently viewing Produtividade Operacional: 3 passos para evoluir sua equipe.
  • Reading time:16 mins read

Produtividade Operacional: 3 passos para evoluir sua equipe.

Podemos entender como produtividade operacional o processo de melhoria de uma equipe/empresa, e o que ela passa durante o processo.

A evolução de uma equipe é fundamental para todo o sistema de produção.

Independente da área de atuação do seu negócio, é importante manter uma consistência do trabalho.

Buscando melhorias e inovações sempre que possível.

Mas porquê isso? Qual é o conceito de equipe? E o que entendemos como produtividade de uma equipe? 

Esses dilemas fazem parte da vida de corporações que procuram se entender melhor.

Onde, a produtividade operacional depende de vários fatores para ser enfim concluída. 

E a evolução, combinada com a inovação como equipe, só ocorre após ajustes que são necessários. 

Veja um pouco mais sobre tudo isso no decorrer do texto.

Boa leitura!

O que é a produtividade?

O que é a produtividade?

No sentido do dicionário é aquilo que tem a característica ou condição de produtivo.

Mas aqui não ficaremos presos ao significado real da palavra.

Para a produtividade empresarial, uma boa explicação é a relação entre a produção e os fatores de produção utilizados.

Este artigo tem como ideia explicar o que é a produtividade operacional e como podemos aproveitar de mecanismos para evoluir uma equipe.

Para isso, podemos tratar como produtividade aquilo que é voltado para o potencial da sua empresa. 

Onde, quanto maior é a produção, mais opções são expostas para os clientes. 

Mas, a produtividade também está relacionada à eficiência do negócio, cumprimento de metas e outras melhorias. 

Por isso, elevar o sarrafo, com a pretensão de trazer mais qualidade para aquilo que é produzido, também é uma de suas explicações. 

E, com o alinhamento dos fatores, alguns passos vão compor essa trilha rumo à excelência. 

E para sair do senso comum, inovar nos produtos é uma outra maneira bem prática de dizer que uma empresa tem tido uma produtividade. 

Pensando dessa forma, é interessante os profissionais que tomam conta da gerência do negócio estarem atentos às modificações do mercado. 

Seja para aquele produto que vem ganhando espaço no mercado, ou para modificações internas que trarão resultados. 

Estar antenado é uma obrigação do gestor! 

E como complemento a estar antenado, manter o diálogo entre os setores facilita no mapeamento de possíveis problemas. 

Mas não se preocupe com isso agora, abordaremos um pouco mais no decorrer do texto.

É por isso que você vai ver os 3 passos que separamos para você conseguir evoluir a sua equipe. 

Mapeie-o-seu-ambiente-de-trabalho

1. Mapeie o seu ambiente de trabalho

Dando sequência ao que é produtividade operacional, vamos falar do que realmente importa, a forma como ela acontece. 

Com isso em mente, pensamos em falar sobre o mapeamento do local para começar a ampliar os horizontes. 

Identificar alguns erros e definir novas medidas são detalhes bastante importantes para o andamento da produção. 

Desse jeito, como abordado, o cumprimento dos passos te levará a algum caminho mais interessante do que o que o negócio se encontra atualmente. 

E para fazer com que isso aconteça, estude o seu ambiente de trabalho. 

Perceba quantas equipes fazem parte do seu processo de produção e como anda o rendimento de cada uma. 

Detalhe setor por setor, até que tenha uma noção completa do negócio. 

A partir dessa percepção, comece a pensar em como modificar a rotina, reformular o andamento das coisas. 

O autoconhecimento é fundamental para dialogar e aparar as arestas. 

Por isso, por meio das pesquisas que serão feitas procure identificar os 4 itens seguintes: 

  • Existe falta de organização operacional para desempenhar funções, cumprir horários e atender demandas? 
  • Ocorreu um erro ao não definir responsabilidades para os profissionais que estão naquele setor específico? 
  • Falta priorizar algumas tarefas em detrimento de outras? 
  • Os funcionários são amparados em questões tecnológicas? 

Essas questões são de suma importância para que um profissional consiga exercer a sua função. 

Para gerir equipes e tornar a produtividade operacional em realidade é necessário estar atento a isso. 

Observar, dialogar e fazer alterações para que a evolução possa ocorrer. 

Por isso, após as pesquisas, coloque os valores envolvidos no processo no papel. 

E parta de pontos como os seguintes listados, para depois envolver os seus funcionários. 

  • Os custos de manutenção, material, salários e outros são muito altos? 
  • O valor do faturamento total das vendas é satisfatório?
  • E o tempo de espera, intervalo percebido entre investimento e o recebimento do lucro, tem sido muito grande?

Com as respostas obtidas dos pontos que foram levantados, é hora de mudar a estratégia.

É hora de ligar o alerta e desenvolver novos planejamentos mais eficazes.  

Que estejam dentro de seu orçamento e que consigam atingir positivamente os seus funcionários. 

Para isso, preste atenção no próximo tópico, onde o funcionário é o principal ponto abordado.

 Análise de processos

2. Gere Engajamento, Realize Treinamentos e Estabeleça Valores 

A motivação do seu funcionário é muito importante para que a produtividade esteja em dia.

De nada adianta você contratar um novo profissional e ele não se empolgar com a função que vai exercer. 

Assim como não adianta conversar com alguém que seja mais antigo na casa e que não apresenta vontade de continuar cumprindo com as suas obrigações.

É necessário fazer com que todos estejam dispostos a evoluir pelo bem da equipe e da empresa.   

Por este motivo, depois de mapear tudo, o gestor deve identificar quem está rendendo ou não. 

Seja por diversos motivos, pessoais ou profissionais. 

E, a partir daí, é hora de criar processos que vão motivar os colaboradores para que eles possam entregar mais resultados. 

Contando com o auxílio de treinamentos específicos para os setores. 

Gerando assim, um maior engajamento dos seus funcionários. 

Procure treinamentos com empresas do ramo que sejam competentes e que visem eliminar o trabalho repetitivo no local. 

Mas não pare por aí, após pesquisar e definir os setores que deverão passar por treinamento, estabeleça valores. 

O fato de estabelecer valores acaba por gerar uma cultura importante e produtiva dentro da equipe. 

Pense em itens como esses para aprimorar o sistema de uma equipe: 

  1. Esteja aberto para novas ideias – Deixe os trabalhadores mais à vontade na hora de trabalhar e para isso é importante dar espaço para eles, para que possam dar ideias do que deve ser feito. Desse jeito, todos estarão abertos a sugestões sempre.

     

  2. Seja participativo – O profissional que não se empolga ou que não busca participar das ações, acaba ficando de fora daquele processo que se mostra efetivo para o negócio. Motive as pessoas a participar mais intensamente na rotina de produção.

     

  3. Respeite as diferenças – Todos nós somos diferentes um do outro, por este motivo é crucial a implementação da ideia de respeitar as diferenças para com o próximo. Isso vai resultar num melhor relacionamento e diversos outros fatores.

     

  4. Demonstre interesse – Assim como ser participativo é importante demonstrar interesse naquilo que vem sendo feito. O apetite gera novas ações, campanhas e produtos.

     

  5. Crie autonomia para realizar tarefas – Tendo como base deixar os funcionários abertos para novas ideias, outro bom motivo para evoluir é dar autonomia para funcionários criarem e realizarem tarefas.

     

  6. Tenha visão sistêmica – Saber olhar para além das tarefas individuais de cada colaborador é essencial para criar uma visão sistêmica para o todo da equipe. O objetivo dessa ação é criar a capacidade do gestor e demais envolvidos em enxergar melhorias e soluções de forma mais estruturada.

     

  7. Confie e construa confiança – Confiar nos colaboradores, nas equipes, no rendimento e nas demais áreas da empresa, é muito importante para construir uma relação sólida dos profissionais em si e com o próximo.

Após o aprimoramento da relação entre gestores e colaboradores, vislumbre a ideia de criar metas a curto, médio e longo prazo. 

Isso faz com que o empenho de todos aumente. 

Com bônus que farão a diferença no dia a dia de cada um. 

Assim, a confiança dos trabalhadores evolui gradativamente e eles se sentem motivados com a chegada de novos desafios. 

Use outras ferramentas

3. Use outras ferramentas

Além do que falamos nos outros pontos, pense em como evoluir a sua equipe utilizando novos métodos. 

Comece a aderir a ferramentas digitais que serão mais benéficas e econômicas para a sua produção. 

Sendo assim, as empresas não utilizam apenas o seu maquinário como ferramentas de trabalho. 

Passa a existir uma gama maior de métodos para serem utilizados em prol da melhoria da produção. 

E para evoluir o negócio, o último passo desse artigo tem relação direta com ferramentas digitais. 

Então, nada melhor do que indicar outras ferramentas que possam agregar no dia a dia. 

Essa ferramenta que se encontra à disposição pelo uso do e-mail, seja ele pessoal ou corporativo, facilita a troca de documentos, planilhas e compartilhamento de pastas. 

Se a produção depende do trabalho em equipe é interessante colocar os funcionários em diálogo com o auxílio dessa ferramenta que possibilita a edição em diversos casos. 

É uma ferramenta mais básica, mas que faz bastante diferença quando utilizada. 

Para manter a estrutura da empresa, o Discord serve como uma grande sala de reuniões onde você consegue dialogar, enviar documentos e fazer apresentações para clientes. 

Tudo isso pode ser dividido em diversos grupos ou setores. 

Este canal tem ganhado força, principalmente em empresas que utilizam o trabalho remoto, com mais conectividade e facilidade de uso.

Complementar ao uso de checklists digitais, o Asana tem por finalidade ajudar na organização interna e na elaboração de tarefas. 

Dentro dessa plataforma a produção evolui bastante, pois, tem ao seu lado funções que mostram o seu portfólio, relatórios, as suas metas e muito mais. 

Essas são algumas ferramentas que as empresas têm aderido. 

Com uma boa gestão e a comunicação entre os setores a sua produção pode e deve evoluir. 

Com o uso de ferramentas como essa, a produção passa por listas de checagens que ajudam a organizar o ambiente com funções, horários e diversas funcionalidades.

Além disso, o uso de ferramentas de checklists digitais, como o Checkbits, identifica as não conformidades da produção, através de evidências fotográficas que são possíveis pelo uso de celulares e tablets. 

Preste atenção nesses 3 passos e comece a colocar em prática.

Porque a evolução das equipes e uma maior produtividade operacional é essencial!

Obrigado pela leitura!

Deixe um comentário