Checklist para lojas: Entenda o poder dessa ferramenta

Checklist para lojas: Entenda o poder dessa ferramenta

O uso de checklists para lojas trás grandes benefícios tanto para o dono quanto para a equipe de trabalho.

Você quer garantir que a sua loja esteja sempre impecável, organizada, limpa e pronta para atender seus cliente?

Quer deixar sua equipe mais motivada e orientada para as tarefas?

Crie um checklist para sua loja e siga os passos para o sucesso do seu negócio e da sua equipe.

Neste artigo vamos explicar o que é um checklist para lojas e apresentar seus benefícios.

Além disso vamos falar quais resultados você pode esperar ao implementar em sua rotina.

Nosso objetivo é demonstrar a você que esta simples ferramenta pode aumentar os resultados da sua loja.

É hora de colocar seu empreendimento em outro nível! 

Tenha uma boa leitura.

Checklists para lojas: O que são?

O checklist é uma lista de verificação ou de orientação para seja realizado uma atividade e se tenha sempre o mesmo resultado.

Este resultado pode ser garantir que um resultado seja alcançado.

Ou verificar se as tarefas propostas estão sendo executadas.

Assim, temos checklists tanto de inspeção quanto um passo a passo de execução.

Dessa forma, eles podem ser aplicados em vários segmentos e setores da vida.

Seja para garantir que você colocou todos os itens em sua mala antes de uma viagem.

Ou até mesmo se um padrão de qualidade de um órgão reconhecido esteja sendo seguido.

Caso não esteja familiarizado com o conceito de checklists, temos um artigo dedicado ao assunto aqui em nosso blog.

Portanto, para o caso das lojas o checklist pode ter vários objetivos.

Você é um empresário ou gerente de loja e precisa garantir que seu estabelecimento está sempre às ordens?

Seja de limpeza, organização, verificar se os itens estão postos nos locais correto?

A rotina comercial é muitas vezes corrida e cheia de detalhes que se tornam um desafio para a gestão.

Por mais que sejam realizados treinamentos e instruções aos funcionários, é possível que alguma coisa seja esquecida. 

É sempre aquele detalhe que esquecemos que dá errado no final, não é mesmo?

Dessa forma, para não esquecermos de nada, criamos uma lista de itens que devem ser verificados.

E aplicamos esta verificação em nossa rotina, de preferência uma inspeção diária.

O que deve ser incluído neste checklist?

Separamos alguns itens para ser aplicados no checklist de sua loja. São eles:

  • Limpeza da loja, banheiros, cozinha e trocador
  • Vitrines
  • Organização dos itens da loja e do estoque
  • Contagem dos itens em estoque
  • Decoração
  • Visibilidade dos itens promocionais
  • Fechamento de caixa
  • Analisar metas dos funcionários
  • Verificar itens de segurança
  • Conferir equipamentos eletrônicos
  • Uniformização da equipe

Estes são alguns pontos que devem ser levados em consideração para serem verificados.

Além disso, cabe ao empresário o que ele acha pertinente de ser inserido.

Cada segmento pode ter suas especificações.

Assim como no caso de bares e restaurantes que devem seguir normas sanitárias mais exigentes.

Ou itens mais específicos e estratégicos do seu empreendimento.

Quais os benefícios de usar o checklist em minha loja?

Ao aplicar uma frequência relevante de auditorias em sua loja podemos colher vários resultados positivos.

Vamos falar aqui de algum deles.

Organização:

Ninguém gosta de uma loja bagunçada, correto?

A desorganização traz uma falta de produtividade, pois seus funcionários não saberiam nem onde as coisas ficariam.

Além da possibilidade de perder vendas, seja pelo sentimento do cliente ou por desalinhamento da sua equipe.

Assim, ao mapear todos itens essenciais que precisam ser organizados você terá mais garantias.

Limpeza:

Outro fator importante é a impressão que sua loja causa ao apresentar uma limpeza.

Você já entrou em algum lugar que até o cheiro te dá uma sensação positiva?

Na psicologia da venda e da conquista do cliente vários itens podem ser explorados.

Mas ter o mínimo de limpeza é necessário para que seu empreendimento se mantenha no mercado.

Cada dia mais os clientes estão exigentes, e cada fator é de extrema importância.

Redução de erros:

Uma das grandes vantagens de você ter uma lista de verificação é que você não esquecerá nada.

No máximo, você irá perceber que deve adicionar algum item relevante que havia esquecido.

Mas aquilo que está naquela lista vai ser verificado.

Assim, você reduz a grande quantidade de erros ocasionados pela mente humana.

No nosso dia a dia temos que lidar com diversos desafios, gerir nossas emoções e ainda entregar resultados.

Ter uma lista para te guiar e apoiar o seu trabalho é dar tranquilidade que aqueles requisitos serão alcançados.

Gestão de Estoque:

Como é feita a verificação do estoque de sua loja?

Você possui funcionários dedicados a tarefa ou é necessário deslocar alguém para a conferência?

Independente de se ter ou não alguém dedicado à esta gestão, é importante que seja muito bem verificado.

Não perca vendas por falta de itens em sua loja, ou correr o risco de ficar dias sem reposição.

Dessa forma, você perde qualidade no atendimento e na oferta.

Até mesmo você já deve ter ido em algum lugar e falado que não ia voltar, pois “Nunca tem nada que quero nesta loja”.

Padronização:

Você tem a intenção de crescer o seu negócio?

Ou já são várias lojas que precisam ser administradas ao mesmo tempo?

Criamos um artigo sobre rede de lojas para você entender melhor sobre o assunto.

Mas o ponto que queremos chegar é que ter um padrão vai desencadear uma série de outros benefícios para seu negócio.

E tudo se passa devido ao uso de um padrão.

Ter um padrão é garantir ao seu cliente que ele sempre será atendido da mesma forma.

É também colocar uma identidade visual em sua loja.

Além de facilitar que as tarefas sejam realizadas, pois se há um padrão todos devem ser alinhados com o mesmo objetivo.

E o padrão pode ser no atendimento, no visual da loja, na forma como os documentos são redigidos, entre outros.

É assim que você consegue mapear o que está dando certo e errado.

E também entender melhor o seu negócio. 

Imagina cada dia sua loja funciona de um jeito, cada vendedor aborda de uma forma.

Você nunca vai entender o que faz de fato seu empreendimento funcionar.

Como aplicar em minha rotina?

Agora que você já sabe o que é um checklist para lojas e o que você pode ter de resultado, vamos a “prática”.

Uma das maiores vantagens de se usar um checklists é porque sua aplicação é simples e objetiva.

Vamos a alguns passos:

Crie um checklist padrão:

O primeiro passo é criar um documento padrão que deverá ser seguido pelo inspetor.

Este documento deve ser criado com os “especialistas” do seu negócio.

E isso pode envolver o dono, o gerente, algum representante do caixa, algum vendedor ou atendente, todos envolvidos.

Não deixe as pessoas que fazer o seu negócio funcionar de fora.

A pessoa que mais entende de um processo em sua empresa, é aquela que todo dia coloca a mão na massa.

E todas as visões e entendimento se complementam.

Assim, se você quer um checklist poderoso, vai precisar juntar o melhor de cada um.

É muito importante que você crie uma sequência lógica e fácil.

Por exemplo, você tem que avaliar se a vitrine está limpa e organizada.

Evite colocar tudo no mesmo item, porquê se você quiser saber depois se ela não está ficando limpa ou organizada, vai ter que ler as anotações.

E imagine ter que ler todos os dias várias respostas?

Assim, por mais que um item de seja de organização e o outro de limpeza, ambos falam de vitrine.

Coloque um depois do outro, e facilite a verificação.

Em resumo:

  • Reúna os especialistas de cada área do seu negócio
  • Forme uma sequência lógica e fácil de ser seguida
  • Cada item deve ser uma verificação muito específica

Escolha quem vai fazer o checklist:

Agora que você já tem um documento é hora de escolher o auditor.

Quem será o responsável por fazer as anotações?

Pode ser o dono, o gerente ou algum auxiliar.

Mas deve ser alguém que irá reportar todos os itens, em especial os não-conformes.

Portanto, escolha alguém que vai ter essa responsabilidade e autoridade.

Defina uma frequência:

Se você quer alcançar um resultado importante, seja constante em suas ações.

Não adianta criar um checklist e fazer uma vez ou outra.

Conforme já falamos a rotina comercial é bem corrida e as coisas tendem a sair facilmente do lugar.

Quanto mais você verificar melhor!

Quer nossa indicação? Faça isso diariamente

Faça os primeiros testes:

Bom, agora temos quem vai fazer, o que deve ser verificado e também quando.

Hora de colocar em prática!

Você pode iniciar com um papel e prancheta para fazer os primeiros testes.

Vai tomar um tempo da sua rotina, ou da rotina do inspetor, mas você irá colher os frutos.

Após os primeiros testes você terá feedbacks do auditor.

Faça isso por um tempo. 

O período de 1 a 2 meses pode ser interessante.

Ajuste o checklist:

Ao receber os feedbacks, é hora de ajustar o que precisa ser melhorado e retirar o desnecessário.

Refaça os testes e veja se está colhendo o que pontuaram.

Tente deixar este documento o mais completo possível.

Formalize o documento:

O próximo passo é criar um documento formal, especificando quem é o responsável pelo checklist e com todos os itens claros.

E armazene em algum arquivo digital para não correr o risco de perder.

Assim, vai ficar fácil quando precisar consultar e alterar algum item no futuro

Use um aplicativo de checklists:

Por fim, está na hora de você ter mais produtividade.

Quanto mais auditorias você fizer, melhor.

Mas com isso vem o acúmulo de dados, a facilidade de perder papéis ou o documento formalizado ser perdido ou excluído.

Além disso, o papel aceita qualquer informação! Como saber se o auditor está realmente fazendo as inspeções corretas?

E por fim, o que você faz com os dados que você gera? Quais são suas análises e métricas?

Para resolver este problema, existem aplicativos de checklists especializados e focados em gerar resultados!

Nós do Checkbits somos especialistas em checklists e padrões operacionais!

Nossa solução é completa para te atender e você pode ter:

  • Checklists digitais sem risco de perder dados
  • Para garantir que o auditor está fazendo a tarefa temos ferramentas como adicionar evidências como fotos e localização via GPS
  • Todos os dados coletados são transformados em análises gráficas automáticas e instantâneas

Ah e fique tranquilo, pois podemos fazer um teste gratuito!

Converse com um de nossos consultores e faça já seu teste inicial.

Coloque sua loja em outro nível!

Agora é hora de revolucionar a sua loja!

Neste artigo explicamos o que são os checklists para lojas e falamos o que deve ser incluído neles.

Também listamos 5 benefícios de se usar o checklist em seu estabelecimento. São eles:

  1. Organização
  2. Limpeza
  3. Redução de erros
  4. Gestão de Estoque 
  5. Padronização

E apresentamos um passo a passo de como aplicar o checklist em sua rotina:

  • Crie um checklist padrão
  • Escolha quem vai fazer o checklist
  • Defina uma frequência
  • Faça os primeiros testes
  • Ajuste o checklist
  • Formalize o documento
  • Use um aplicativo de checklists especializado

Nós do Checkbits somos especialistas em checklists para empresas e estamos prontos para te ajudar!

Caso você tenha gostado deste artigo, por favor compartilhe em suas redes sociais ou com seus amigos.

Espero que tenhamos passado um pouco de conhecimento para você!

Deixe uma resposta