You are currently viewing Gestão de equipe à distância: Entenda os desafios
  • Reading time:15 mins read

Gestão de equipe à distância: Entenda os desafios

Gerir uma equipe a distância não é uma tarefa fácil!

Para entender como os processos funcionam e quais os desafios da gestão leia até o final.

Neste conteúdo você vai entender porque esse tipo de gestão tem sido mais comum nos últimos tempos.

Porque novos formatos de empresas passaram a existir e necessitam de outras maneiras de serem geridas.

E porquê cada equipe deve se adaptar ao melhor formato para trabalhar.

Por causa das mudanças do mundo, intensificou-se o uso do home office e do trabalho híbrido, como alternativas.

Mudanças essas que ocorreram para se adequar à cenários e que geram novos desafios, além de um novo olhar.

Não são todos os ramos que conseguem ser geridos à distância.

E a pergunta que fica é, como fazer com os que podem se encaixar nesse tipo de gestão?

gestao a distancia na industria

Gestão para a indústria

Um formato que é sólido para o trabalho presencial é a gestão de indústrias.

Todo o trabalho ocorre nas próprias linhas de produção e demais locais físicos.

Acompanhar os seus trabalhadores de perto e a evolução do serviço é uma função de gestores e donos.

Que costumavam passar com fichas de papel e pranchetas, fazendo anotações sobre o desenvolvimento.

Com a chegada da pandemia de Covid-19 e com as mudanças tecnológicas esse cenário não é mais o mesmo.

E segundo um estudo da CNI, 8 em cada 10 empresas tiveram prejuízo durante o período pandêmico.

O que demonstra a necessidade de se reinventar para continuar lucrando.

E agora a produtividade tem uma outra demanda que varia de acordo com o ramo.

Sendo ela mais alta ou mais baixa, uma coisa é certa, a cobrança!

Com o tempo de inatividade ou de mudanças da linha de produção, aumentaram as cobranças por resultados e desenvolvimento.

E o comportamento dos gestores, mais do que nunca, é moldado sob resultados.

E é aí que entram os exemplos de uma gestão à distância.

Onde a cobrança de quem gere, ou quem fiscaliza, permanece.

Mesmo com a distância e a mudança de acompanhamento perto do que era visto com o presencial.

 

Outros mecanismos

Para se reformular foram pensados outros métodos

E ainda segundo os dados do Portal da Indústria, 80% das empresas que investiram em inovação registraram ganhos.

Por isso que existem agora mecanismos e ferramentas digitais que controlam o desenvolvimento do funcionário.

Observando cada passo dado e também cada inconformidade gerada pelo serviço errado.

Tudo isso passa pelos aplicativos que controlam as ações, que normalmente são voltados para os checklists.

Ou melhor, as listas de checagem.

Aquelas que costumavam passar pelos equipamentos e máquinas para a inspeção.

E que passavam entre os corredores da cadeia de produção.

Sim, os papéis ganharam uma forma mais voltada para o digital.

E podem ser acompanhadas de qualquer lugar por gestores que estão aptos a dar ordens e aprovações à distância.

Sem haver a necessidade de conferir tudo in loco.

Essas ferramentas digitais são desenvolvidas sob medida para cumprir tudo aquilo que é necessário em uma indústria.

O que deixa evidente a necessidade de se programar para mudanças àqueles que não conseguem evoluir.

Pois, a evolução e a inovação voltadas para a tecnologia tem se mostrado cada vez mais necessária.

Onde os que não se movimentam ficam para trás e quem está aberto a novas ideias sai ganhando.

Tudo por conta de maneiras que contornam facilmente os desafios de uma gestão à distância.

E tudo isso fica evidente com o uso de boas ferramentas e o treinamento para a adaptação a novos modelos.

Preste atenção em pontos que os gestores devem levar em consideração em processos com checklists digitais:

  • Acompanhar se o preenchimento de documentos está correto.
  • Olhar se funcionários estão seguindo o recomendado no local e tempo propostos.
  • Garantir por meio de evidências fotográficas que os processos estão andando dentro dos conformes, com a frequência desejada.
  • Observar os números gerados pelo desenvolvimento do trabalho.
  • Analisar o cumprimento de tarefas atuais e estruturar novas metas.

Essas cinco ações demonstram as evoluções de um serviço que é coordenado à distância.

E todas as evoluções ou não conformidades aparecem para quem comanda.

Atualizando sempre em tempo real, diferentemente de outros processos que demandam tempo e o uso excessivo de papéis.

Por estes motivos que as mudanças tecnológicas vieram para ficar.

gestao a distancia no varejo

Gestão para o varejo

O varejo como um todo é um ramo muito importante para a sociedade.

É ele quem serve diretamente para o consumidor final.

E é por meio dele que são geradas muitas vagas de emprego no Brasil.

É no ramo varejista que estão compreendidos os grandes mercados e diversas lojas de variedades.

Entre elas estão os supermercados, farmácias, concessionárias, livrarias, pet shops, lojas de roupas, materiais de construção e decoração.

Quase sempre, essas lojas estão espalhadas por diversas localizações de cidades e estados.

E muitas vezes são compreendidas por uma rede.

O que dificulta um pouco o trabalho de quem faz a gestão dos negócios.

Que em meio aos empecilhos enfrenta o deslocamento para os locais e o acompanhamento do serviço.

E acompanhar o serviço é algo que está inserido diretamente no nosso tema: A gestão de equipe.

E ter tudo isso em mãos é uma tarefa delicada, pois exige tempo e muita dedicação.

Saber de tudo que ocorre em uma rede de supermercados, por exemplo, sem o advento de ferramentas ou métodos de comunicação interna é quase impossível.

Por isso existem as funções de gerentes de lojas que estão à disposição de seus superiores.

Que são os profissionais que administram uma unidade e passam as informações a quem gere de uma forma externa.

E também com a chegada de novas tecnologias e a pandemia, o ramo do comércio ganhou novas leituras.

Como a que diz respeito à gestão à distância, que passou a ser mais utilizada pelos gerentes e donos.

E o caminho trilhado por quem administra grandes lojas do varejo parece seguir o mesmo caminho de inovação que a indústria.

Voltado para um trabalho mais atrelado à tecnologia e a inovação.

Com ferramentas que incrementam o já consolidado trabalho em equipe.

Se aproveitando de checklists digitais, por exemplo, um gerente de uma rede de supermercados consegue acompanhar os processos de uma outra unidade.

Sempre acompanhando como os funcionários estão levando a padronização e permanecendo com o layout da loja.

Com funções e tarefas já personalizadas dentro dos setores.

Assim fica mais fácil para quem vai gerir, que pode observar e pontuar tudo à distância.

E para os funcionários que estão presentes no dia a dia e que já sabem de tudo que devem fazer.

Dessa forma, um gerente de loja tem como função saber se as lojas estão seguindo os seguintes padrões:

  1. Abertura e fechamento de caixa, dentro do que foi treinado.
  2. Estão mantendo organizadas as prateleiras.
  3. Deixando toda a loja limpa.
  4. Se está tudo realmente padronizado com layout, cores, uniformização e ala de promoções.

Porquê a gestão a distância ganhou espaço?

Como vimos nos números da indústria, hoje o método de se trabalhar é outro.

Mas essas formas não surgiram na pandemia, apenas ganharam mais holofotes.

Os processos que fogem do modelo 100% presencial se encaixam em setores onde não existe a necessidade de o profissional estar.

E se adéquam a ocasiões como a do varejo, com várias sedes, onde a movimentação se torna mais difícil.

Por isso as adaptações tiveram que ser pontuais para que a economia continuasse girando.

Por causa disso, novos formatos de trabalho ganharam espaço e são tendências para o futuro.

Como exemplos temos o home office, onde o trabalho é feito diretamente de casa.

E o trabalho híbrido, onde existe a rotação de trabalhadores que trabalham de casa e os que trabalham de maneira presencial.

Essa movimentação do trabalho, principalmente à distância, causa impactos nas duas vias.

Tanto dos empregadores, quanto dos empregados.

Que necessitam de uma nova adaptação às suas funções.

Seja para administrar o quadro de funcionários ou para aderir às novas tecnologias.

Tecnologias essas que deixam evidentes a evolução e dinamicidade do serviço.

Tornando tudo mais prático e de fácil acesso por meio de suas plataformas.

O uso de ferramentas como as de checklists digitais mostram que alguns gastos passam a ser desnecessários.

Como são os exemplos do uso de papel e até mesmo aluguéis de salas que não estão sendo utilizadas.

 

gestao a distancia


Desafios e como lidar com a gestão de equipe à distancia.

Dessa maneira, os gestores devem ter que lidar com os seguintes desafios:

  1. Apostar em tecnologia e inovação para os diversos ambientes, sejam eles de varejo ou industrial. Em ambos deve haver a ligação por meio de computadores, celulares ou tablets, que funcionem bem e atendam a demanda da empresa.
  2. Treinar bem os seus funcionários e demais colaboradores para que possam lidar bem com os eletrônicos e com o cumprimento de ordens por meio de diversos dispositivos.
  3. Adaptar as suas ferramentas em ordem com as suas demandas e as várias funções que deverão ser cumpridas por dia ou por semana.
  4. Priorizar o diálogo e a comunicação entre setores, para que os avanços possam ser acompanhados de perto, e corrigidos quando se fizer necessário.
  5. Dar espaço para a participação de colaboradores, dando a eles a autonomia de uma autogestão quando for essencial. Influenciando na flexibilidade dos funcionários e fortalecendo laços com os gestores.
  6. Definir metas em prazos curtos e longos, para que consiga motivar os colaboradores e, dessa forma, aumentar a produtividade e rendimento do negócio.
  7. Ser transparente ao máximo em todos os quesitos, para atrair a confiança de seus funcionários.

Essas 7 dicas de como lidar com os desafios indicam uma postura para poder lidar com os funcionários.

Tendo sempre em mente que a comunicação e a preservação da ferramenta são essenciais.

Pois, são por meio dessas duas maneiras que o gestor se manterá informado.

Uma dica valiosa

Com todos os desafios que cercam uma gestão à distância, como a concentração dos funcionários para atingir metas e o aprimoramento do uso de tecnologias. 

Nós temos uma boa dica para você que pretende aderir ao modelo de gestão longe de sua indústria ou varejo. 

Assim como já citado no texto, as ferramentas de checklists digitais estão cada vez mais presentes em ambientes corporativos. 

E os aplicativos de checklists, como o exemplo do CHECKBITS, transformam o ambiente em um local mais produtivo e controlado. 

Com dados e atualizações em tempo real, que são gerados através de relatórios. 

Além de serem demonstrados em documentos autorizados. 

Com o CHECKBITS, você consegue além de verificar o que tem sido preenchido. Consegue também programar data e horas corretas.

Solicitar que os usuários/operadores coloquem evidências através de fotos tiradas na hora.

E designar tarefas a funcionários que irão corrigir não conformidades. 

Tudo isso sem o gestor precisar pisar no local de trabalho, na indústria ou no varejo. 

Através do menu de gestão de tarefas consegue ver se eles preencheram ou se atrasaram e deixaram de fazer. 

Ainda, sem precisar compilar dados, consegue ver o status geral através dos gráficos e dashboards.

Tudo isso em uma plataforma completa que simplifica os desafios da gestão à distância

Quer saber como garantir isso para o seu negócio? Entre em contato com os consultores.

Gostou do que viu neste texto? Confira outros artigos clicando aqui

Compartilhe este conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário